Resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
+ Natureza
Abandonados
Banner
Cachoeiras
Cachoeiras em Baependi
Cachoeiras em Biritiba Mirim
Cachoeiras em Boiçucanga
Cachoeiras em Bueno Brandão
Cachoeiras em Cubatão
Cachoeiras em Ilha Grande
Cachoeiras em IlhaBela
Cachoeiras em Joanópolis
Cachoeiras em Maromba
Cachoeiras em MG
Cachoeiras em Mogi das Cruzes
Cachoeiras em Paranapiacaba
Cachoeiras em Petrópolis
Cachoeiras em Prudentópolis
Cachoeiras em São Bernardo
Cachoeiras em São José do Barreiro
Cachoeiras em São Sebastião
Cachoeiras em São Thomé das Letras
Cachoeiras em SP
Cachoeiras em Tabuleiro
Cachoeiras em Visconde de Mauá
Cachoeiras em Votorantim
Cachoeiras na Bahia
Cachoeiras na Chapada Diamantina
Cachoeiras no Alto Caparaó
Cachoeiras no Espírito Santo
Cachoeiras no Paraná
Cachoeiras no Rio de Janeiro
Camping
Campings em Bertioga
Cata Lixo
Cavernas
Curiosidades
Dicas
Doação de Sangue
Economizar para viajar!
Entretenimento
Equipamentos
Fazendo o Bem
Grutas em São Sebastião
Grutas em São Thomé das Letras
Grutas na Chapada Diamantina
Iniciantes
Legais
Livros
Mergulho Livre
Montanhas
Montanhas em Aiuruoca
Montanhas em Atibaia
Montanhas em Baependi
Montanhas em Biritiba Mirim
Montanhas em Cunha
Montanhas em Espirito Santo
Montanhas em Extrema
Montanhas em Guarulhos
Montanhas em Ilhabela
Montanhas em Mairiporã
Montanhas em Minas Gerais
Montanhas em Mogi das Cruzes
Montanhas em Monte Verde
Montanhas em Passa Quatro
Montanhas em Petrópolis
Montanhas em Piquete
Montanhas em São Bento do Sapucaí
Montanhas em São José do Barreiro
Montanhas em São Paulo
Montanhas em São Thomé das Letras
Montanhas em Ubatuba
Montanhas em Visconde de Mauá
Montanhas na Bahia
Montanhas na Chapada Diamantina
Montanhas na Cidade de São Paulo
Montanhas na Lapinha da Serra
Montanhas no Alto Caparaó
Montanhas no Itatiaia
Montanhas no Rio de Janeiro
Outros
Paranapiacaba
Pedal
Plaquinhas do Bem
Poços Cristalinos
Praias
Praias em Bertioga
Praias em Ilha Grande
Praias em IlhaBela
Praias em Peruíbe
Praias em São Paulo
Praias em São Sebastião
Praias em Ubatuba
Praias no Guarujá
Praias no Rio de Janeiro
Queluz
Relatos
Roteiros
Segurança
Sustentabilidade
Travessias
Travessias em Cubatão
Travessias em Minas Gerais
Travessias em Mogi das Cruzes
Travessias em Paranapiacaba
Travessias em Passa Quatro
Travessias em Petrópolis
Travessias em São Bernardo
Travessias em São José do Barreiro
Travessias em SP
Travessias em Teresópolis
Travessias no Rio de Janeiro
Trilhas
Trilhas em SP
{ "homeurl": "http://coconomato.com.br/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "hover", "itemscount": 4, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "70px", "showauthor": 0, "showdate": 1, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados:", "didyoumeantext": "Você quis dizer?", "defaultImage": "http://coconomato.com.br/wp-content/plugins/ajax-search-lite/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "scrollToResults": 0, "resultareaclickable": 1, "defaultsearchtext": "", "autocomplete": { "enabled" : 1, "lang" : "en" }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "redirectonclick": 0, "trigger_on_facet_change": 1, "settingsimagepos": "left", "hresultanimation": "fx-none", "vresultanimation": "fx-none", "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "iianimation": "1", "analytics": 1, "analyticsString": "busca-{asl_term}", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "overridewpdefault": "0" }

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia

São infinitas as sensações que os trilheiros sentem durante qualquer aventura, listamos as 10 mais tradicionais. Com certeza todo trilheiro de longa data já passou ou irá passar por todas essas situações!

Quer ver mais matérias assim? Clique na categoria Entretenimento e na Categoria Legais.

1 – Sensação de missão cumprida

É o momento em que você chega ao objetivo daquela aventura: no cume de uma montanha, em uma cachoeira ou no final de uma longa travessia. É o momento de gratificação, satisfação, prazer, felicidade, superação e orgulho de ter cumprido com o planejado. E se o trajeto é fisicamente e tecnicamente difícil, a sensação de vitória é ainda maior. Sem contar situações com imprevistos ou perrengues que você conseguiu superar. Com certeza a sensação é indescritivelmente melhor!

Quanto maior a superação melhor a sensação!

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia

2 – Aquela sensação de alma lavada – SAI ZICA!

Um banho de cachoeira bem gelada que lava sua alma, relaxa os músculos, tira o mau olhado e te energiza. Sem dúvida o banho de cachoeira é uma das sensações e atrativos mais procurados e desejados pelos praticantes de trekking. Tem coisa mais gostosa que um banho de cachoeira?

E quando o banho vem após dias e dias de travessia? Você se joga na água com roupa e tudo o mais: carteira, celular, câmera digital. E mesmo depois de danificar vários bens materiais você sai feliz e realizado da água. Ô sensação TOP!

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Alma Lavada

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Alma Lavada

3 – A sensação do cume de uma montanha

Será que é possível descrever a sensação que é chegar ao cume de uma montanha? Não faço ideia de como descrever essa sensação. A frase mais próxima que tenta explicar essa sensação é uma que li no livro do cume, na Pedra da Mina, que dizia assim: “As montanhas são uma espécie de reino mágico que por meio de algum encantamento eu me sinto a pessoa mais feliz do mundo!” (Autor: Bernardo Collares Arantes).

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Cume

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Cume

4 – Sensação maravilhosa de tirar as botas e meias! (UFA, QUE ALÍVIO!)

Sim as meias estão inclusas nisso aqui também. Cansei de ouvir comentários de diversas pessoas do tipo: “Nossa como é bom tirar as botas” ou “Nossa não vejo a hora de tirar a bota e por o chinelo”, entre outros comentários. E cade a meia? Galera, parem de esquecer da meia! Tirar a bota é bom demais e em combinação com a meia fica ainda melhor.

E quando você fez uma longa travessia e chegou com bolhas, cortes e com a meia molhada? NOSSA! Tirar a bota e a meia são realmente alívios fantásticos que todas as pessoas do mundo deveriam sentir na vida. Eu particularmente sou viciado em tirar botas e meias!

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Tirar botas e meias

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Tirar botas e meias

5 – Todo trilheiro já sentiu uma FOME DE DRAGÃO

Quem nunca voltou de uma trilha pensando em devorar qualquer coisa que visse pela frente? Na verdade: quem nunca fez isso? Voltou de uma trilha com a barriga “GRITANDO de fome”, pensando em chegar em qualquer estabelecimento que venda qualquer coisa mordível para saciar a sua fome? E quando você chega no local, normalmente de interior com poucas opções, você acaba comprando tudo: paçoca, pipoca doce, biscoito de polvilho, um refrigerante local – de uma marca que você nunca viu na vida, amendoim, entre outras guloseimas que naquele momento são os melhores rangos da sua vida…

6 – Todo trilheiro já se sentiu CASCUDO!

Aquela mistura de terra, poeira, suor, mato, barro e até um pouco de sangue vindo de algum corte, entre outras coisas que te deixam completamente SUJOS. Você fica todo grudento e com uma camada de 1 cm de pura sujeira por volta de todo seu corpo. E o cheiro? AFE!

Não venham me dizer que todo mundo leva lencinho umedecido em todos os roles porque não vamos acreditar. Pelo menos UMA VEZ na vida você já ficou CASCUDO(A)!

Comentário extra: E no banho? Você chega em casa e aquela água preta sai do seu corpo durante 5 minutos e quanto mais você esfrega mais água preta sai. Isso sim é sinal de uma aventura monstra!

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Cascudo

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Cascudo

7 – Sensação de amor pelos companheiros

Não existe sensação melhor do que o amor, ainda mais quando esse amor é por um amigo(a) que te acompanha em todas as jornadas. Aquele amigo que você sabe que independente da situação, do perrengue, do imprevisto, ele estará com você. Aquele amigo que você sabe que daria a vida para salvar a sua. Se você faz trilha há um tempo creio que deve ter pelo menos um amigo desse tipo: amigo para todas as horas.

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Amor pelos companheiros

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Amor pelos companheiros

 8 – Sentimento de Abstinência

A abstinência é uma palavra utilizada para descrever  a sensação de necessidade.Quem nunca ficou enlouquecido vendo o clima tempo pro final de semana e aquela previsão de 200 mm de chuva em todo o Brasil? E quando é aniversário daquele seu primo chato pra caramba e sua mãe e pai te obrigam a ir com eles? O que você sente nessas situações? Raiva? Muita raiva? Desgosto? Na verdade você acabou de entrar em abstinência, pois é isso que acontece com os viciados quando eles desejam muito, mas muito, algo.

Comentário extra: agora que você já sabe como é a sensação de abstinência. Se afaste de todas as drogas químicas da sociedade ;).

9 – Medo

É isso mesmo meu amigo: MEDO! Com certeza em alguma situação te deixou com as pernas bambas e o fiofó apertado! Como por exemplo: tromba d’ água, deslizamentos, animais peçonhentos, barulhos, escorregas, escalaminhadas expostas, uma galinha do mato que pulou no meio da trilha, barulhos estranhos durante a madrugada entre outras situações, que deixaram você no maior cagaço.

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Medo

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Medo

10 – Acabou a trilha com algum machucado

O que? Se machucar nas trilhas? É claro! Quem nunca? Bolha nos pés, cortes no calcanhar causados pelos calçados, furos de espinhos, cortes por conta de bambus, matos, urtigas (essa queima), picadas de formigas, borrachudos e outros insetos, hematomas causados por quedas, impactos, caneladas em rochas dentro do rio, torções bestas de tornozelo ou até um deslocamento de ombro? Quem nunca acabou uma trilha com aquele machucado que te fez ser mais forte a cada instante?

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Urtigas

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Urtigas

11 – A melhor sensação do mundo

É uma mistura de todas as sensações ao mesmo tempo: liberdade, felicidade, amor, harmonia, glória, gratificação, amizades e conquistas, misturado com a energia da natureza que faz você se sentir a pessoa mais feliz do mundo.

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia - Missão cumprida

Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia – Missão cumprida

Com certeza são mais de Onze sensações que todo trilheiro irá passar um dia, porém selecionamos as onze mais citadas em nossas aventuras.

Se você tiver sugestões ou histórias de outras sensações, por favor nos conte!

Curtam com consciência e preservem a nossa Mãe Natureza!

Curta nossa página no Facebook e receba mais notícias do nosso site.

Obrigações com o Meio Ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • Não use drogas ou bebidas alcoólicas para diminuir o índice de acidente
  • Faça xixi ou cocô, no mínimo, a 20 metros de qualquer rio ou nascente

Curta nossa página no Facebook e vire nosso Fã para não perder nenhuma atualização.

Largamos tudo e estamos viajando o mundo de bicicleta cadastrando mais atrativos naturais com todas informações necessárias para facilitar sua trip! Apoie nosso projeto fazendo uma doação de qualquer valor!


Autor: Raphael Yamamoto
Posts escritos: 261

Raphael Yamamoto, apaixonado pela natureza, nascido em outubro de 1989, solteiro, vegetariano e profissional de marketing digital. - Meu maior sonho pessoal. Cair no mundão com meus irmãos do Cocô no Mato! - E o meu maior sonho para o mundo é tentar mostrar com esse blog uma vida diferente, idéias diferentes, valores diferentes dos atuais que esse sistema FD* implanta, fazendo nossas vidas uma obrigação atrás de outra e no final não vivemos, apenas sobrevivemos! PENSE PRA FORA DA CAXOLA GALERA, não deixe que o sistema implante vontades, valores, missões, modas entre outras coisas lixo em sua vida, isso só é benéfico para ele. LIBERDADE, FELICIDADE, AMOR E JUSTIÇA!

Compartilhe este post no

30 Comentários

  1. E aí Raphael, tudo bem? Espero q sim! Lhe agradeço por, depois de ler sua matéria, ter relembrado, sentido saudades e ficado muito feliz por ter vivido momentos sensacionais em trilhas de bike que já fiz com amigos no passado. Era muita diversão; em se tratando de sensações: Me deliciei na de número 6… Nossa quando saíamos em tempos chuvosos era uma diversão muito grande, pois passávamos de propósito por poças d’água cheias de lama e aí era aquela sujeira q nos alegrava e muito. Obrigado kra, continue com essas pastagens e quando postar outra, me avisa por favor! Abraços brother!

  2. Postagens** é a emoção, kkkk.

  3. Olá Luiz beleza? Obrigado pelo elogio camarada!

    É muito bom relembrar esses momentos né? São momentos que realmente vivemos e nunca esqueceremos!

    Vire fã na nossa página do face que todas nossas atualizações estão lá =)

    Ainda não temos um “Newsletter” que avisa você por e-mail, então é a única forma!

    Fico feliz que tenha gostado!

    Abraços!

  4. hHAhahahahah valeu Rodolfo que bom que gostou! E vamos trilhar por ai!

  5. O texto está excelente,você conseguiu descrever exatamente como me sinto a cada aventura.parabéns por dedicar um pouco de seu tempo escrevendo para nos deliciarmos lendo os post!!!

  6. Eai Terezinha que ótimo elogio fico feliz para caramba! A intenção é mostrar para os outros o que sentimentos mesmo…porque com certeza tudo isso trás uma evolução pessoal gigantesca =).

    Que bom que gostou! Beijão!

  7. Faltou a neurose de todo viciado em: assinar revistas eletrônicas, consultar blogs relacionados ao trekking, pesquisar novos equipamentos, planejar viagens, ostentar cartão de vacinação para febre amarela, etc.

  8. hahahahhahaahaha com certeza tudo isso se enquadraria também =).

    Valeu as sugestões Renata =)!

    Beijão!

  9. Super me define!!! Haha muito bom galera!!!!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *