Resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
+ Natureza
Abandonados
Banner
Cachoeiras
Cachoeiras em Baependi
Cachoeiras em Biritiba Mirim
Cachoeiras em Boiçucanga
Cachoeiras em Bueno Brandão
Cachoeiras em Cubatão
Cachoeiras em Ilha Grande
Cachoeiras em IlhaBela
Cachoeiras em Joanópolis
Cachoeiras em Maromba
Cachoeiras em MG
Cachoeiras em Mogi das Cruzes
Cachoeiras em Paranapiacaba
Cachoeiras em Petrópolis
Cachoeiras em Prudentópolis
Cachoeiras em São Bernardo
Cachoeiras em São José do Barreiro
Cachoeiras em São Sebastião
Cachoeiras em São Thomé das Letras
Cachoeiras em SP
Cachoeiras em Tabuleiro
Cachoeiras em Visconde de Mauá
Cachoeiras em Votorantim
Cachoeiras na Bahia
Cachoeiras na Chapada Diamantina
Cachoeiras no Alto Caparaó
Cachoeiras no Espírito Santo
Cachoeiras no Paraná
Cachoeiras no Rio de Janeiro
Camping
Campings em Bertioga
Cata Lixo
Cavernas
Curiosidades
Dicas
Doação de Sangue
Economizar para viajar!
Entretenimento
Equipamentos
Fazendo o Bem
Grutas em São Sebastião
Grutas em São Thomé das Letras
Grutas na Chapada Diamantina
Iniciantes
Legais
Livros
Mergulho Livre
Montanhas
Montanhas em Aiuruoca
Montanhas em Atibaia
Montanhas em Baependi
Montanhas em Biritiba Mirim
Montanhas em Cunha
Montanhas em Espirito Santo
Montanhas em Extrema
Montanhas em Guarulhos
Montanhas em Ilhabela
Montanhas em Mairiporã
Montanhas em Minas Gerais
Montanhas em Mogi das Cruzes
Montanhas em Monte Verde
Montanhas em Passa Quatro
Montanhas em Petrópolis
Montanhas em Piquete
Montanhas em São Bento do Sapucaí
Montanhas em São José do Barreiro
Montanhas em São Paulo
Montanhas em São Thomé das Letras
Montanhas em Ubatuba
Montanhas em Visconde de Mauá
Montanhas na Bahia
Montanhas na Chapada Diamantina
Montanhas na Cidade de São Paulo
Montanhas na Lapinha da Serra
Montanhas no Alto Caparaó
Montanhas no Itatiaia
Montanhas no Rio de Janeiro
Outros
Paranapiacaba
Pedal
Plaquinhas do Bem
Poços Cristalinos
Praias
Praias em Bertioga
Praias em Ilha Grande
Praias em IlhaBela
Praias em Peruíbe
Praias em São Paulo
Praias em São Sebastião
Praias em Ubatuba
Praias no Guarujá
Praias no Rio de Janeiro
Queluz
Relatos
Roteiros
Segurança
Sustentabilidade
Travessias
Travessias em Cubatão
Travessias em Minas Gerais
Travessias em Mogi das Cruzes
Travessias em Paranapiacaba
Travessias em Passa Quatro
Travessias em Petrópolis
Travessias em São Bernardo
Travessias em São José do Barreiro
Travessias em SP
Travessias em Teresópolis
Travessias no Rio de Janeiro
Trilhas
Trilhas em SP
{ "homeurl": "http://coconomato.com.br/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "hover", "itemscount": 4, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "70px", "showauthor": 0, "showdate": 1, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados:", "didyoumeantext": "Você quis dizer?", "defaultImage": "http://coconomato.com.br/wp-content/plugins/ajax-search-lite/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "scrollToResults": 0, "resultareaclickable": 1, "defaultsearchtext": "", "autocomplete": { "enabled" : 1, "lang" : "en" }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "redirectonclick": 0, "trigger_on_facet_change": 1, "settingsimagepos": "left", "hresultanimation": "fx-none", "vresultanimation": "fx-none", "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "iianimation": "1", "analytics": 1, "analyticsString": "busca-{asl_term}", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "overridewpdefault": "0" }

Perigos na Trilha

Quando estamos em alguma trilha nos divertindo, as vezes, não sabemos dos riscos que essa diversão pode nos trazer. Por isso separamos uma lista de perigos na trilha que todos devem conhecer antes de partir para uma aventura, juntamente com dicas de como se prevenir desses perigos.

Quer ver mais dicas de segurança? Veja em Dicas de Segurança na Trilha.

Perigos na Trilha

Perigos na Trilha

Quais são os perigos na trilha?

Realmente são inúmeros os perigos e riscos que você pode enfrentar na trilha. Segue abaixo a lista dos mais comuns e saiba se prevenir:

  • Perder- se no meio do mato: Vá com alguém que conhece ou contrate um guia. Leve mapas e relatos para ajudar
  • Ser picado por algum inseto: Ande atento e com cuidado. Use calças e, se possível, roupas com mangas compridas
  • Ser picado por algum réptil peçonhento: Ande atento e com cuidado. Use perneiras, se possível
  • Ser atacado por algum animal: Essa é difícil de se defender dependendo do animal, mas tente subir em alguma árvore ou assusta-lo mais do que ele está te assustando. Se tiver a oportunidade: CORRA, CORRA MUITO
  • Ficar ilhado (Atravessar um rio e depois não conseguir voltar): Não se arrisquem para atravessá-lo. Acampe ou tente cortar por terra e em hipótese alguma enfrente o rio
  • Cair em um deslizamento de terra: Previna-se quanto a isso, mas se ocorrer preste atenção nos movimentos da volta, se possível peça auxilio de alguém que ficou na parte de cima. Se tiver corda, use-a
  • Cair e se machucar: Neste caso só pedindo socorro. Evite potencializar o machucado tentando andar. Caso seja um machucado mais simples desinfete-o e cubra-o para evitar sujeira e bichos
  • Se cortar em espinhos, capins e galhos pontiagudos: Coisa comum de acontecer. Calças, blusas e luvas diminuem muito o risco de isso acontecer e protegem em situações inevitáveis, diminuindo a dimensão dos arranhões e cortes
  • Queda de pressão e desidratação (devido a esforço ou exposição ao sol):  Protetor solar e água o tempo todo
  • Falta de água potável (dependendo da região a água pode não ser confiável): Pesquise antes os pontos de água e a confiabilidade delas e na dúvida leve água. Nesses períodos de secas muitos lugares estão sem pontos de água, então previna-se
  • Tromba d’ Água (Aumento repentino do nível do rio, levando tudo o que vem pela frente): Nesse caso saia do rio imediatamente porque a intensidade e a força da água mudam em segundos. Vá para o local mais alto. Evite arvores muito próximas do rio, caso precise subir em alguma
  • Perigos na Trilha
    Perigos na Trilha
  • Escorregar e cair na cachoeira: Outra coisa difícil de prever, mas caso aconteça tente segurar-se o mais rápido possível em qualquer coisa. Evite lugares com poços fundos, se não souber nadar, ou quedas muito altas, porque quase todas as quedas de cachoeiras são fatais
  • Neblina forte (não conseguir ter visual para se orientar – Montanhismo): Se não tiver noção alguma, sente e espere o nevoeiro passar. Ande com cuidado e preste muita atenção porque se você se perder o perrengue pode ser ainda pior do que ter ficado parado
  • Não ter sinal de celular para pedir socorro: Tente discar 112 – aquela famosa chamada de segurança
  • Risco de assalto: Sim, os bandidinhos malditos existem em todos os lugares e quanto mais fácil o acesso, mais riscos de passar por situações assim. Grupos grandes, muitas vezes, inibem tentativas de assaltos
  • Raios: Procure abrigar-se em barracas, lonas e cia. Evite ficar muito próximo de arvores altas e água
  • Entre outros riscos que podem ser fatais…
Perigos na Trilha - Cobra

Perigos na Trilha – Cobra

Quem for fazer trilhas deve ir preparado para encarar qualquer uma das situações citadas acima. Além de nossas dicas, pesquisem sobre qualquer outra possibilidade de perigos que possam enfrentar. A equipe Cocô no Mato não se responsabiliza por nenhum evento que possa acontecer durante uma trilha, apenas repassamos orientações que já nos foram úteis em algum momento.

Seguem dois links que falam sobre equipamentos de segurança nas trilhas e o que fazer em situações de Perigos na Trilha.

Números importantes – Perigos na Trilha

Perigos na Trilha - Bombeiros

Perigos na Trilha – Bombeiros

É sempre bom deixar um celular carregado e em caso de situações de emergência procurar um lugar aberto ou de maior altitude para tentar o contato com o corpo de Bombeiros (193) ou a Policia Militar (190);

Também existe o número 112 que, mesmo sem sinal, o celular busca a Operadora mais próxima e você consegue efetuar a ligação;

A intenção não é assustar ninguém e sim deixar todos cientes dos riscos que podem acontecer e como se prevenir de cada um deles;

Fiquem a vontade para comentar, opinar e corrigir qualquer coisa. Estamos abertos a sugestões!

Quer ser um Autor do Cocô no Mato? Cadastre-se é só 1 minuto e envie seu relato aqui.

Curta nossa página no Facebook e coloque para receber todes notificações para não perder nenhuma notícia de atrativos naturais maravilhosos em tode o Brasil.

Largamos tudo e estamos viajando o mundo de bicicleta cadastrando mais atrativos naturais com todas informações necessárias para facilitar sua trip! Apoie nosso projeto fazendo uma doação de qualquer valor!


Autor: Raphael Yamamoto
Posts escritos: 261

Raphael Yamamoto, apaixonado pela natureza, nascido em outubro de 1989, solteiro, vegetariano e profissional de marketing digital. - Meu maior sonho pessoal. Cair no mundão com meus irmãos do Cocô no Mato! - E o meu maior sonho para o mundo é tentar mostrar com esse blog uma vida diferente, idéias diferentes, valores diferentes dos atuais que esse sistema FD* implanta, fazendo nossas vidas uma obrigação atrás de outra e no final não vivemos, apenas sobrevivemos! PENSE PRA FORA DA CAXOLA GALERA, não deixe que o sistema implante vontades, valores, missões, modas entre outras coisas lixo em sua vida, isso só é benéfico para ele. LIBERDADE, FELICIDADE, AMOR E JUSTIÇA!

Compartilhe este post no

7 Comentários

  1. Obrigado Paulo que bom que gostou!

    Então, da pra você fazer a travessia empurrando a bike….pedalando é praticamente impossível!

    Vamos fazer a travessia no ano que vem porém com as bicicletas nas costas ou empurrando mesmo!

    Abraços!

  2. Me amarro em trilhas … queria fazer … conheço pessoas que já fizeram e falaram ser mto bom e parece que é mesmo, mas tem relatos de amigos meus que fizeram e ao cair da nite se depararam com assombraçoes, espiritos, rsrs, coisas do além …. Mas enfim, um dia faço. So tenho que me preparar.

  3. Charles as gente só ve aquilo que acreditamos, mas independente de crenças acampar, bate volta, qualquer coisa e válida no contato da natureza. Não se prenda em experiências alheias e viva um vida maravilhosa junto a natureza…Um grande abç da Família Cocô no Mato

  4. Olá Raphael,gostei muito das dicas de trilhas, quero conhecer,
    a Funicular, com quem posso ir?????

  5. Olá Rose tudo bem?

    A Funicular não é uma trilha liberada e não conheço nenhum guia que faz esse trabalho!

    Eu não sou muito fã do local por conta da tremenda sujeira que esta ficando os patamares. Mas procure nos grupos de trilha tem muita gente que vai pra lá!

    Da uma olhada no grupo quem sabe alguem não vai pra lá =).

    https://www.facebook.com/groups/166885033364926/?fref=ts

    Beijão bom passeio!

  6. Obrigado pelas dicas vao me ajudar bastante…

    Eu e mais quatro amigos estamos marcando pra ir pra cachoeira do elefante em Mogi…
    Porém nenhum de nos nunca fizemos isso antes, soh temos um amigo q faz trilha com moto…
    Vc me aconselha a contratar um guia ou da pra nós tentarmos ir com cautela?
    Se sim como Fasso pra contratar e quanto custa em média?

  7. Fala Hudson beleza?

    A trilha da Cachoeira do Elefante costuma ser cansativa para quem esta começando pois a volta dela é uma subida ingrime que varia de 1 hora até 5 horas depende do ritmo de cada um. Recomendo você ir para Cachoeira da Rocha Furada que fica próximo e o acesso é mais fácil e menos cansativo já que estão começando.

    Não trabalhamos com guiada, porém temos uma agência parceira que faz guiada pra lá. É só preencher o contato no http://coconomato.com.br/quero-fazer-trilha/ que encaminho o seus dados para eles e eles entrarão em contato!

    Cautela tente ir sempre mesmo com o guia, pois o guia sempre garante o caminho + a caminhada é com vocês.

    Veja vocês, se nunca fizeram e estão inseguros eu recomendo contratar um guia, não pelo “PERIGO” + sim pelo caminho, ambas as trilhas o caminho é bem batido e as bifurcações que existem estão bem claras na página na página das cachoeiras aqui no site.

    Vocês que fazem a escolha, eu tentaria sozinho uma vez com cautela e respeitando a natureza, levando lanterna, comida, não saindo da trilha e etc. Pois se você não sair dela e decorar os caminhos ou até amarrar um “saquinho” em algum galho para marcar o caminho certo (na volta retire).

    E se não chegar na cachoeira na 1° tentativa na próxima chame um guia se quiser ou tente de novo.

    Encontrar por “conta” é muito mais gratificante, mas o local é o mesmo e é belo de qualquer jeito =).

    Abraços!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Cachoeira Cota 95 – Cubatão | comunidade2016 - […] Segue um link se você quiser saber mais de Perigos na Trilha. […]

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *