Resultados exatos
Buscar em títulos
Buscar no conteúdo
Buscar em posts
Buscar em páginas
Filtrar por categorias
+ Natureza
Abandonados
Banner
Cachoeiras
Cachoeiras em Baependi
Cachoeiras em Biritiba Mirim
Cachoeiras em Boiçucanga
Cachoeiras em Bueno Brandão
Cachoeiras em Cubatão
Cachoeiras em Ilha Grande
Cachoeiras em IlhaBela
Cachoeiras em Joanópolis
Cachoeiras em Maromba
Cachoeiras em MG
Cachoeiras em Mogi das Cruzes
Cachoeiras em Paranapiacaba
Cachoeiras em Petrópolis
Cachoeiras em Prudentópolis
Cachoeiras em São Bernardo
Cachoeiras em São José do Barreiro
Cachoeiras em São Sebastião
Cachoeiras em São Thomé das Letras
Cachoeiras em SP
Cachoeiras em Tabuleiro
Cachoeiras em Visconde de Mauá
Cachoeiras em Votorantim
Cachoeiras na Bahia
Cachoeiras na Chapada Diamantina
Cachoeiras no Alto Caparaó
Cachoeiras no Espírito Santo
Cachoeiras no Paraná
Cachoeiras no Rio de Janeiro
Camping
Campings em Bertioga
Cata Lixo
Cavernas
Curiosidades
Dicas
Doação de Sangue
Economizar para viajar!
Entretenimento
Equipamentos
Fazendo o Bem
Grutas em São Sebastião
Grutas em São Thomé das Letras
Grutas na Chapada Diamantina
Iniciantes
Legais
Livros
Mergulho Livre
Montanhas
Montanhas em Aiuruoca
Montanhas em Atibaia
Montanhas em Baependi
Montanhas em Biritiba Mirim
Montanhas em Cunha
Montanhas em Espirito Santo
Montanhas em Extrema
Montanhas em Guarulhos
Montanhas em Ilhabela
Montanhas em Mairiporã
Montanhas em Minas Gerais
Montanhas em Mogi das Cruzes
Montanhas em Monte Verde
Montanhas em Passa Quatro
Montanhas em Petrópolis
Montanhas em Piquete
Montanhas em São Bento do Sapucaí
Montanhas em São José do Barreiro
Montanhas em São Paulo
Montanhas em São Thomé das Letras
Montanhas em Ubatuba
Montanhas em Visconde de Mauá
Montanhas na Bahia
Montanhas na Chapada Diamantina
Montanhas na Cidade de São Paulo
Montanhas na Lapinha da Serra
Montanhas no Alto Caparaó
Montanhas no Itatiaia
Montanhas no Rio de Janeiro
Outros
Paranapiacaba
Pedal
Plaquinhas do Bem
Poços Cristalinos
Praias
Praias em Bertioga
Praias em Ilha Grande
Praias em IlhaBela
Praias em Peruíbe
Praias em São Paulo
Praias em São Sebastião
Praias em Ubatuba
Praias no Guarujá
Praias no Rio de Janeiro
Queluz
Relatos
Roteiros
Segurança
Sustentabilidade
Travessias
Travessias em Cubatão
Travessias em Minas Gerais
Travessias em Mogi das Cruzes
Travessias em Paranapiacaba
Travessias em Passa Quatro
Travessias em Petrópolis
Travessias em São Bernardo
Travessias em São José do Barreiro
Travessias em SP
Travessias em Teresópolis
Travessias no Rio de Janeiro
Trilhas
Trilhas em SP
{ "homeurl": "http://coconomato.com.br/", "resultstype": "vertical", "resultsposition": "hover", "itemscount": 4, "imagewidth": 70, "imageheight": 70, "resultitemheight": "70px", "showauthor": 0, "showdate": 1, "showdescription": 1, "charcount": 3, "noresultstext": "Sem resultados:", "didyoumeantext": "Você quis dizer?", "defaultImage": "http://coconomato.com.br/wp-content/plugins/ajax-search-lite/img/default.jpg", "highlight": 0, "highlightwholewords": 1, "scrollToResults": 0, "resultareaclickable": 1, "defaultsearchtext": "", "autocomplete": { "enabled" : 1, "lang" : "en" }, "triggerontype": 1, "triggeronclick": 1, "redirectonclick": 0, "trigger_on_facet_change": 1, "settingsimagepos": "left", "hresultanimation": "fx-none", "vresultanimation": "fx-none", "hresulthidedesc": "1", "prescontainerheight": "400px", "pshowsubtitle": "0", "pshowdesc": "1", "closeOnDocClick": 1, "iifNoImage": "description", "iiRows": 2, "iitemsWidth": 200, "iitemsHeight": 200, "iishowOverlay": 1, "iiblurOverlay": 1, "iihideContent": 1, "iianimation": "1", "analytics": 1, "analyticsString": "busca-{asl_term}", "redirectonclick": 0, "redirectClickTo": "results_page", "redirect_on_enter": 0, "redirectEnterTo": "results_page", "overridewpdefault": "0" }

Pico dos Marins a Maior Montanha do Estado de SP

Pico dos Marins é a maior montanha do estado de São Paulo com 2420 metros de altitude. Ele fica localizado na cidade de Piquete-SP em divisa com Itajuba-MG. Veja abaixo todas as informações para subir o Pico dos Marins.

*O Pico dos Marins é a maior montanha que esta 100% dentro do estado de SP, existe o Pico dos Três estados que é mais alto porém faz parte de três estados (RJ, MG e SP) e a Pedra da Mina que é divisa entre SP e MG.

Veja outras Montanhas em SP

Pico dos Marins visual de Longe

Pico dos Marins visual de Longe – Foto de Cafemateiro

Obrigações com o Meio Ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • Não use drogas ou bebidas alcoólicas para diminuir o risco de acidentes
  • Faça suas necessidades a no mínimo 50 metros de distância de rios e nascentes

Veja todas as Montanhas e Travessias da Serra da Mantiqueira.

Informações do Pico dos Marins

  • Cidade: Piquete – SP
  • Custo de ônibus: Passagem de ônibus ida e volta saindo de SP: R$42,85 ida e R$40,45 volta pela Viação Cometa + Ônibus local de Lorena para Piquete valor R$4,50 ida + R$4,50 volta e + o custo do transporte de Piquete até o acampamento base do Pico dos Marins que custa + R$100,00 (pode dividir por 4) sendo o total de R$192,30 (no caso de ir sozinho)
  • Custo de carro: R$170 de Gasolina + Pedágio ida e volta saindo de São Paulo para o acampamento base do Pico dos Marins.
  • Dificuldade Física: Difícil
  • Dificuldade de Navegação: Difícil
  • Tipo do terreno: Rochoso e vegetação de montanha
  • Quantos KM: aproximadamente 15 km (ida e volta)
  • Quanto tempo: Entre 2 horas até 7 horas dependendo  do ritmo individual e peso da cargueira.
  • Altitude acima do nível do mar: 2420 metros
  • Época boa para visitação: Abril a Setembro (inverno)
  • Exige técnicas de escalada: Não
  • Exige equipamentos de escalada: Não

Segue abaixo as informações detalhadas para conhecer o Pico dos Marins

Visual do Pico dos Marins

Visual do Pico dos Marins

Como chegar no início da Trilha do Pico dos Marins

  • De ônibus: descendo em Piquete encontre o Milton no local encontrado e ele levará você até o acampamento base do Pico dos Marins.
  • De carro: Passando por Piquete siga a estrada por mais alguns quilômetros sentido Vila dos Marins. A subida possui inúmeras curvas perigosas. (em época de chuva só carros 4×4 conseguem subir pela Vila dos Marins).
  • De carro 2: Se o seu carro não é 4×4 e não quer arriscar existe um caminho alternativo, você deve seguir a estrada até encontrar um ponto de ônibus e uma entrada antes do ponto a direita, esse caminho é mais longo porém você não enfrenta subidas tão fortes (lembrando esse caminho também é difícil em épocas de chuva).

Veja também:

As 10 Montanhas mais Altas do Brasil

As 10 Maiores Cachoeiras do Brasil

Serra da Mantiqueira e suas principais Montanhas e Travessias

Serra Fina uma das mais belas Travessias de Montanha do Brasil

A Trilha do Pico dos Marins

Trilha do Pico dos Marins

Trilha do Pico dos Marins

Saindo do acampamento base do Pico dos Marins você deve voltar a porteira e seguir a estrada para direita subindo, essa caminhada é feita por estrada de terra semi batida durante os primeiros 15 minutos no final de uma subida você encontra uma bifurcação a esquerda, tanto faz, as duas chegarão no Morro do Careca que é o inicio oficial da trilha do Pico dos Marins.

O Morro do Careca possui um platô aberto que oferece um belo visual para o conjunto montanhoso do Pico dos Marins.

Para continuar a trilha saindo do platô você deve seguir para a direita sentido a mata, entre na bifurcação a direita até encontrar uma clareira (ótima área de camping).

Na clareira você encontra a placa que indica o início da trilha do Pico dos Marins e a esquerda possui o único ponto de água potável de toda subida.

A subida começa pela trilha no meio do mata, mas em poucos minutos ela se abre para um solo rochoso tradicional das montanhas brasileiras.

A 1° subida é uma das mais ingrimes de todo o trajeto e não possui muitos totens demarcando pois não existe a necessidade dos mesmos.

Ponto de Água "contaminada" do Pico dos Marins

Ponto de Água “contaminada” do Pico dos Marins

Chegando no fim da 1° subida você deve seguir a navegação se orientando através dos totens e setas amarelas (dizem que existem totens e setas amarelas erradas, porém das 3 vezes que passamos por ali os mesmos estavam corretos, apesar de termos tomado um perdido uma vez).

A parte mais louca de toda a subida é um pouco antes da base do Pico dos Marins no trecho mais vertical da subida que você pode usar o auxilio das cordas fixas do local ou escalaminhar pelo seu lado direito.

Depois desse trecho continue a orientação pelos totens e marcações até encontrar o famoso ponto de água poluída com coliformes fecais (bosta de animal), para os mais acostumados creio que não há problema algum em tomar essa água, mas ai o risco é seu!

Chegando no pé do Pico dos Marins você tem a opção de seguir uma trilha para esquerda (Travessia Marins x Itaguaré) ou subir no real cume do Pico dos Marins.

A subida é um pouco técnica para quem esta começando e se sua cargueira estiver muito pesada pode ter grandes dificuldades para acampar no cume, suba com cuidado e não se arrisque, siga os totens e marcações para não ficar preso em algum trecho.

Após essa subida você só deve caminhar até a pedra mais alta e conquistar o cume do Pico dos Marins.

Nível de Dificuldade

Pico dos Marins visto da base

Pico dos Marins visto da base

O Pico dos Marins é uma trilha difícil para quem esta começando no montanhismo e mesmo para os mais experientes é uma trilha que tira o fôlego.

Atrativos Naturais Próximos

Além do Pico dos Marins existe na região os outros atrativos como o Pico do Itaguaré, Pico das Agulhas Negras, Pedra da Mina, Pico dos Três Estados, Alto do Capim Amarelo, Morro do TartarugãoPico das Prateleiras, Morro do Couto, Pedra do Sino do Itatiaia entre outros picos, além das travessias Serra Fina, Travessia Marins Itaguaré e Travessia Morro do Couto x Pico das Prateleiras.

Cuidados na Trilha do Pico dos Marins

  • Se você não estiver bem preparado fisicamente não faça essa trilha
  • Se não sentir confiança procure um guia local
  • Atenção redobrada para navegar com neblina, você não precisa varar mato em nenhum momento, então sempre fique na trilha
  • Em caso de chuva e relâmpagos o recomendado é abortar a subida
  • Como em todo lugar existem animais peçonhentos
  • Não tenha pressa, se machucar em um lugar desse pode dar um trabalho e tanto
  • Leve todo equipamento necessário para combater o frio, no cume do Pico dos Marins chega a bater temperaturas negativas

Segue um link se você quiser saber mais sobre Perigos na Trilha.

Dicas para visitar o Pico dos Marins

Visual do Cume do Pico dos Marins

Visual do Cume do Pico dos Marins

  • Existem dois pontos de água no inicio da trilha (Morro do Careca) e próximo a base do Pico dos Marins na água poluída, se optar por beber a água “contaminada” leve o cloril para evitar diarréias
  • As melhores áreas de camping ficam no acampamento base do Pico dos Marins (muitas e muitas barracas), no Morro do Careca (aproximadamente 8 barracas), na base do Pico dos Marins (15 barracas – Separadas) e no cume do Pico dos Marins (aproximadamente 6 barracas).
  • Suba o mais leve possível
  • Se for pegar água somente no 1° ponto, tente subir com no mínimo 6 litros de água
  • Se você já tem mais experiência recomendo fazer a Travessia Marins x Itaguaré, vale muito a pena
  • Se a noite o céu estiver aberto, durma fora da barraca
  • Tente começar a subida cedo para pegar o por do sol
  • Acorde cedo para ver o nascer do sol

    Placa do começo da Trilha do Pico dos Marins

    Placa do começo da Trilha do Pico dos Marins

Contatos do Resgate – Milton

  • Resgate da ida e volta Van – R$ 130,00 para 7 pessoas (Preço pode mudar)
  • Facebook do Milton: www.facebook.com/milton.gouveafranco
  • Telefones: (11) 99770 1991 (Vivo) e (12) 9773 5366 (Vivo)
  • milton.gouveafranco@facebook.com

Obrigações com o Meio Ambiente

  • Leve seu lixo
  • Recolha lixo se for possível
  • Não use drogas ou bebidas alcoólicas para diminuir o índice de acidentes
  • Faça suas necessidades a, no mínimo, 50 metros de distância de rios e nascentes

Se alguém tiver alguma informação a agregar, ou correção, estamos abertos a sugestões.

Curta nossa página no Facebook e vire nosso Fã para não perder nenhuma atualização.

Bora se divertir!

Largamos tudo e estamos viajando o mundo de bicicleta cadastrando mais atrativos naturais com todas informações necessárias para facilitar sua trip! Apoie nosso projeto fazendo uma doação de qualquer valor!


Autor: Raphael Yamamoto
Posts escritos: 261

Raphael Yamamoto, apaixonado pela natureza, nascido em outubro de 1989, solteiro, vegetariano e profissional de marketing digital. - Meu maior sonho pessoal. Cair no mundão com meus irmãos do Cocô no Mato! - E o meu maior sonho para o mundo é tentar mostrar com esse blog uma vida diferente, idéias diferentes, valores diferentes dos atuais que esse sistema FD* implanta, fazendo nossas vidas uma obrigação atrás de outra e no final não vivemos, apenas sobrevivemos! PENSE PRA FORA DA CAXOLA GALERA, não deixe que o sistema implante vontades, valores, missões, modas entre outras coisas lixo em sua vida, isso só é benéfico para ele. LIBERDADE, FELICIDADE, AMOR E JUSTIÇA!

Compartilhe este post no

9 Comentários

  1. Sr. Raphael Yamamoto, PARABÉNS pelo ótimo trabalho e divulgação.

    Sugiro informar se nesses locais tem ou não sinal de celular e os telefones de SOS dos Bombeiros/Resgate.

    Sucesso e Boa Sorte, Henry Yamamoto

  2. Dicas anotadas, infelizmente não sei em quais pontos pegam sinal de celular e temos um link de Perigos na Trilha que diz todas as dicas de telefones de urgência, que inclusive foi o Sr. que me ensinou!

    Obrigado não só por esse ensinamento como tantos outro!

    Obrigado pai! Você é maravilhoso!

  3. O Marins foi a minha primeira experiência com montanhismo, então já dá para imaginar a tragédia ahahha
    Fui com meu namorado, cada um com sua antiga mochila de colégio e mais algumas coisas nas mãos(pior erro!!!) e muitaaaas coisas desnecessárias(como um cobertor que pesava no mímino 4 kg e foi levado na mão, bomba grande para encher o colchão inflável, garrafa de VIDRO de whisky, várias trocas de roupas, perfume….)
    Chegamos de tarde e pegamos o pôr do sol no morro do Careca. Depois passamos dois dias até chegar “quase” no pico…. Pôr do sol novamente, acampamos num lugar que imaginamos ser tranquilo, PRA QUE ?? Garoa forte e uma ventania absurda, a barraca batia na nossa cara e eu tinha certeza que iamos sair voando durante a madrugada, fiz o namorado sair durante a noite para ter certeza que estavamos bem cravados no chão hahaah. Acordamos de manhã e ao abrir a barraca tive minhas dúvidas se tinhamos sobrevivido ou se estávamos no céu, era impossível ver a meio metro de distância… Meu namorado saiu da barraca com um capuz em forma de onça que levei(?!?!) e saiu procurando alguém pelo caminho e deu um putaaaa susto na galera que estava voltando(eles realmente acreditaram que se tratava de um bicho!!) nesse meio tempo eu estava desesperada ainda achando que a barraca ia ser levada e tentei incessantemente ligar para o Milton, policia e bombeiros para pedir socorro, SEM SINAL (mas hoje em dia eu agradeço por isso, imagina a vergonha depois hahahaha) Meu namorado voltou aos gritos tentando achar a barraca, dizendo para arrumar tudo correndo que o pessoal avisou que estava vindo chuva…(ué ja estava chovendo?!?!) Após arrumar tudo e caminhar uns 20 min em velocidade de tartaruga(não dava para enxergar nada) saímos de DENTRO DA NUVEM…. e lá embaixo estava um puta sol!!!! hahahahah

    Um ano depois e estamos nos preparando para encarar o Marins novamente, agora com mais experiência e com os equipamentos certos!!!

  4. TOP! Montanha é bom de mais, somos loucos por montanha também! E agora no invernão…PRA CIMA DELAS!

  5. Sol Correa F

    HAHAHAH AMEI OS RELATOS!!! UHUHUUUULL MONTANHA É BOM DEMAIS !!! LA EU ACHO Q NÃO TEM LUGAR COM SINAL VIU … PS: CAMILA , ENVIA SEU RELATO AQUI P SITE DO COCO NO MATO !!!!!

  6. O Pico dos Marins NÃO é a maior montanha do estado de SP, na Serra Fina há montanhas bem mais altas dentro do estado de SP a exemplo do Pico dos Três Estsdos com 2.665m

  7. Sinézio, o Marins é o maior Pico do Estado de SP que esta somente no estado de SP!

    O Pico dos Três estados como diz o nome pertence a três estados.

    Abraços

  8. Só melhorando a informação sobre sobre o Pico dos 3 Estados, o ponto mais alto do estado de SP é o pico da Pedra da Mina, na Serra Fina!

    “A Pedra da Mina ou Pico Pedra da Mina é a quinta montanha mais alta do Brasil e está situada na Serra da Mantiqueira, na divisa do estado de São Paulo com o estado de Minas Gerais. Com 2.798,39 m de altitude (medição revista por satélite/GPS pelo IBGE em 2004[1] ), é o ponto culminante da Serra da Mantiqueira e do estado de São Paulo, e a terceira montanha mais alta do estado de Minas Gerais.”
    Fonte: https://pt.wikipedia.o

    Se possível, publique os links de suas cicloviagens lá na comunidade de Cicloturismo!

    Abração e boas pedaladas!
    LuiZ

  9. Fala Luiz beleza? Até colocamos dentro do post que é o maior pico DENTRO 100% do estado de SP ;)!

    Abraços!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *